Menu Principal
Principal
O Profissional
Unidades
Contato
Cirurgias e Procedimentos
Cirurgia Plástica Facial
Cirurgia Plástica Corporal
Cirurgia da Calvície
Procedimentos Estéticos
Tratamentos Estéticos
Equipamentos
Equipamentos Médicos
Equipamentos Estéticos
Informativo
Notícias
Principal arrow Cirurgia Plástica Facial arrow Cicatriz, tatuagem, etc
   
Cicatriz, tatuagem, etc
A pele, o maior e mais versátil órgão do corpo humano, protege o organismo de microorganismos e traumas. Devido a seu considerável tamanho e localizações, a pele está sujeita a uma grande variedade de lesões e doenças, algumas delas podendo ser tratadas através de pequenas cirurgias. Felizmente a maioria delas pode ser feita a nível ambulatorial, em clínica médica com mínimo risco ou desconforto.
As lesões de pele, tanto malignas como benignas, podem ser removidas após injeções locais de anestésico. Cicatrizes e tatuagens também podem ser tratadas a nível ambulatorial. Cicatrizes formadas como resultado de acne, acidentes ou cirurgia podem ser melhoradas através de inúmeras técnicas, dentre as quais o “peeling” químico, a dermoabrasão e a excisão.
Tatuagens são permanentes e, independente das razões, alguns pacientes nos procuram para sua remoção. Na maioria dos casos, no entanto, cicatriz residual ou variação de cor permanece após tratamento. A qualidade do resultado final dependerá do tamanho da tatuagem, sua localização, modo que ela foi aplicada, e, principalmente, da qualidade de cicatrização do paciente. O tratamento inclui excisão direta (mais indicado para pequenas tatuagens), que pode ser indicada em estágios para lesões maiores, dermoabrasão ou laser.
Independentemente do tipo de procedimento utilizado para tratar a lesão de pele, seja ela tatuagem, cicatriz ou tumor, cicatriz ou variação de cor ocorre como resultado. A cicatriz demanda um tempo para ter sua maturação completada.
É importante que o paciente e a equipe médica discutam previamente assuntos como o tipo de procedimento, como eles serão feitos e prováveis resultados.
Se você está interessado (a) em saber mais sobre a cirurgia para tratamento de lesões de pele, entre em contato conosco por telefone ou email, e nós teremos o prazer de responder às suas perguntas.

A seguir elaboramos um conjunto de perguntas sobre esta cirurgia que pode esclarecer suas dúvidas:

01)GOSTARIA DE ELIMINAR MINHA CICATRIZ . É POSSÍVEL?
A partir do momento em que a pele é lesada ou cortada, seja cirurgicamente ou devido a um acidente (queda, queimadura, etc), uma cicatriz se formará no local, maneira do organismo reparar o que ocorreu. Para corrigir esta cicatriz, necessitamos provocar outra. Então sempre existirá uma cicatriz.

02)ESTA CIRURGIA ENTÃO VALE A PENA?
Depende da cicatriz. Esta deve ser bem avaliada em relação à sua qualidade. Deve ser removida a cicatriz de má qualidade (inestética), pois com a cirurgia para a sua correção será proporcinado uma cicatriz de boa qualidade (estética). Se a cicatriz que você tem é de boa qualidade, estaríamos trocando seis por meia dúzia, e, portanto, a cirurgia não está indicada.

03)GOSTARIA DE ELIMINAR MINHA TATUAGEM. É POSSÍVEL?
Sim, mas alguns esclarecimentos devem ser feitos. Quanto maior o tamanho, mais difícil é sua eliminação. Tatuagens grandes podem necessitar de mais de um procedimento cirúrgico, cada um retirando parte da mesma, ou seja, diminuindo-a. Chamamos isso de ressecção parcelada. Esticar a pele através de um aparelho chamado “expansor” pode ser útil. Tatuagens menores podem ser eliminadas com um só procedimento, principalmente em áreas de excesso de pele ou pele mais elástica. Estes procedimentos sempre envolvem uma cicatriz final, que deverá ser estética, porém nunca desaparecerá. Estes detalhes devem ser discutidos amplamente com seu cirurgião plástico. Vale ressaltar que a remoção cirúrgica de tatuagem pode ser inviável e contra-indicada, principalmente de tatuagens muito grandes em áreas de pouca elasticidade da pele.

04)NÃO TERIA OUTRO MÉTODO SEM CICATRIZ PARA TRATAMENTO DE MINHA TATUAGEM?
Sim. Por esse motivo não há nada melhor que a discussão ampla com seu médico. O laser, muito utilizado para inúmeros fins na cirurgia estética, tem sido utilizado também no tratamento de tatuagens. Ele remove a cor da tatuagem paulatinamente. De inconveniente, temos que necessita de várias sessões, não tem a mesma eficiência para todas as cores e na maioria das vezes permanece o estigma da tatuagem, com o desenho, antes colorido, agora mais claro em relação a pele vizinha. A maior indicação é em tatuagens grandes, ou seja, aquelas contra indicadas sua correção cirúrgica. Outras técnicas, como a raspagem local por exemplo, têm seu emprego muito limitado.

05)GOSTARIA DE ELIMINAR UMA LESÃO DE PELE (VERRUGA, POR EXEMPLO). É POSSÍVEL?
Sim, com uma pequena cicatriz resultante final, cujo tamanho dependerá do tamanho da lesão de pele que você apresenta. Em casos de tumores malígnos da pele necessitamos remover mais, o que chamamos de remoção com margem de segurança. Isso lhe será explicado previamente a cirurgia.

06)QUAL A EVOLUÇÃO DA CICATRIZ QUE RESULTARÁ?
A cicatriz  infalivelmente passará por vários períodos de evolução, como se segue:

a-PERÍODO IMEDIATO: Vai até o 30º dia e apresenta-se com aspecto excelente e pouco                        visível. Alguns casos apresentam discreta reação aos pontos ou ao curativo.

b-PERÍODO MEDIATO. Vai do 30º dia até o 12º mês. Neste período haverá espessamento            natural da cicatriz, bem como mudança na tonalidade de sua cor, passando de “vermelho” para o “marrom”, que vai, aos poucos, clareando. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial, é o que mais preocupa as pacientes.Como não podemos apressar o processo natural da cicatrização, recomendamos às pacientes que não se preocupem, pois o período tardio se encarregará de diminuir os vestígios cicatriciais.

c-PERÍODO TARDIO: Vai do 12º ao 18º mês. Neste período, a cicatriz começa a tornar-se mais clara e menos consistente atingindo, assim, o seu aspecto definitivo. Qualquer avaliação do resultado definitivo da cicatriz deverá ser feita após este período.

07)A CICATRIZ RESULTANTE PODERÁ FICAR INESTÉTICA?
Certas pacientes apresentam tendência à cicatrização hipertófica ou ao quelóide. Esta tendência, entretanto, poderá ser prevista, até certo ponto, durante a consulta inicial, quando lhe fazemos uma série de perguntas sobre sua vida clínica progressa, bem como características familiares, que muito ajudam quanto ao prognóstico das cicatrizes. Pessoas de pele clara   têm menor probabilidade de sofrer desta complicação cicatricial hipertrófica. Frisamos, no entanto, que é impossível prever o aparecimento do quelóide ou cicatriz hipertrófica, bem como garantir o seu não aparecimento. Toda cicatriz pode sofrer processo de alargamento, o que não quer dizer quelóide. Áreas sujeitas a movimentação constante, como joelhos e cotovelos, geralmente propiciam alargamento de cicatrizes neles contidas.

08)EXISTE CORREÇÃO PARA CICATRIZES HIPERTRÓFlCAS?
Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar cicatrizes inestéticas, na época adequada. Não se deve confundir entretanto, o “período mediato” da cicatrização normal (do 30º dia até o 12º mês), que foi explicado na questão 6, como sendo uma complicação cicatricial. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução deverá ser esclarecida conosco e nunca  com terceiros que, como você, também  estão apreensivos quanto ao resultado final.

09)O PÓS-OPERATÓRIO É DOLOROSO?
Geralmente não. Discreto incômodo pode ocorrer, e prontamente resolvido com analgésicos comuns.

10)HÁ PERIGO NESTA OPERAÇÃO?
Raramente. É uma cirurgia de pequeno porte, muitas vezes realizada no próprio consultório. As complicações, como sangramento e infecção, embora possíveis como em qualquer cirurgia, são raríssimos.

11)QUE TIPO DE ANESTESIA É UTILIZADA PARA ESTA OPERAÇÃO?
Anestesia local geralmente.

12)QUAL O PERÍODO DE INTERNAÇÃO?
Geralmente o paciente não fica internado, vai embora para a casa logo após o procedimento..

13)SÃO UTILIZADOS CURATIVOS?
Sim. Curativos com gaze e micropore, trocado entre o segundo e o quarto dia geralmente. Não deve ser molhado nos primeiros dias.

14)QUANDO SÃO RETIRADOS OS PONTOS?
Do sétimo ao trigésimo dia, dependendo do tipo se sutura realizado. Muitas vezes utilizamos pontos absorvíveis, que não precisam ser removidos.


RECOMENDAÇÕES SOBRE A  PEQUENA CIRURGIA
(REMOÇÃO DE TATUAGENS, CICATRIZES, LESÕES DE PELE,ETC)

A)CUIDADOS PRÉ-OPERATÓRIOS:
O bom resultado de uma qualquer cirurgia depende muito do próprio paciente, por isso preste atenção em alguns ítens que você deve seguir.   

Se você é fumante, interrompa este hábito por duas semanas antes da cirurgia, se possível. O cigarro interfere com a boa oxigenação dos tecidos e atrapalha a cicatrização.

Não fazer uso de antiinflamatório tipo Aspirina/AAS por pelo menos duas semanas antes da cirurgia. Informar ao seu médico todos os medicamentos que está fazendo uso.

Evitar exposição solar prolongada por pelo menos duas semanas antes da cirurgia, no local a ser operado.

Vitamina C (ácido ascórbico). Tomar 1cp (1g) três vezes ao dia . Iniciar uma semana antes da cirurgia.

No dia da cirurgia, antes de ir para o hospital ou clínica, você deve tomar banho com sabonete antiséptico (ex. soapex), esfregando suavemente a região a ser operada.

Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito lautas no dia da cirurgia.     

Comunicar qualquer anormalidade que possa lhe ocorrer, como gripe, indisposição, etc, até dois dias antes da cirurgia.

B)CUIDADOS PÓS OPERATÓRIOS:
A troca do primeiro curativo é feita entre o primeiro e terceiro dia geralmente. O curativo não deve ser molhado e por isso o banho tem que ser cuidadoso. A partir da primeira troca, provavelmente não será colocado gaze e, neste caso, o curativo poderá ser molhado durante o banho, secando-o com toalha seca e limpa em seguida, ou com secador de cabelo na temperatura ambiente.
     
Evitar o cigarro se possível.
    
 Manter uso da Vitamina C ( 1g  3 vezes ao dia) por mais uma semana.
    
 Evitar movimentar a área operada por pelo menos uma semana.
    
Fazer uso do esparadrapo antialérgico - micropore- por pelo menos quatro meses no local da incisão.
Produzirá melhor resultado estético da cicatriz.
     
Qualquer dúvida não hesite em perguntar.
 
< Anterior   Próximo >
Hospedado e Desenvolvido por Guia Assis Network lfdiass@terra.com.br